5 dicas para se internacionalizar para o Mali

5 dicas para se internacionalizar para o Mali

1. Apesar dos conflitos que este país atravessou, têm-se vindo a recuperar lentamente através de políticas contra a corrupção, tráfico de droga e humano. Em 2015 o governo assinou tratados de paz com os principais grupos rebeldes, dando uma maior estabilidade social e política ao país.

2. A sua economia cresce desde 2014, onde em 2016 se registou um crescimento de 5,5% e se estima que o crescimento real do PIB permanecerá robusto no período 2018-19, com uma média de 5%, uma vez que o apoio externo é forte, o investimento público cresce e a produção agrícola se expande.

3. Com este impulso positivo, o governo maliense espera um aumento importante das oportunidades de investimento em todo o país.

4. Os setores que mais se destacam são:
•Indústria farmacêutica
• Mineração 
• Energia renovável (recursos hídricos)
• Infra-estruturas (materiais de construção)
• Agricultura (equipamentos)
• Turismo
• Telecomunicações

5. O governo continua assim a fortalecer o ambiente de negócios, adotando medidas para simplificar a criação de empresas e os procedimentos aduaneiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *